LTV: entenda o conceito e saiba como calcular

Para quem trabalha diretamente na área do marketing digital e possui uma agência, atrair novos clientes e reduzir os custos de aquisição dos mesmos, são fatores fundamentais. Porém, ainda mais essencial é saber quanto cada novo cliente custará quando a parceria for formalizada. Para isso, existe o LTV. Importante no inbound e no outbound.

Para quem ainda não conhece o termo, o LTV é a sigla para Lifetime Value. Logo, o artigo possui o objetivo de explicar o conceito da prática e ensinar como calculá-la. Continue a leitura e compreenda detalhes.

Afinal, no que consiste o LTV?

Se você pensa em adquirir conhecimento em relação ao cálculo de gastos do seu cliente, o texto pode ser bastante útil. Afinal, no que consiste o LTV? Como destacado anteriormente, LTV é a sigla de Lifetime Value. Traduzindo para o português, o significado é “valor do ciclo de vida do cliente”.

Em síntese, sendo uma das métricas mais significativas, o LTV diz respeito a quantidade do valor que um cliente contribui para a sua empresa com base no ciclo de vida. No caso, que inicia com a primeira compra feita ou o contrato de um cliente novo e finaliza com o momento de rotatividade.

A prática do LTV pode gerar benefícios, como, por exemplo, te auxiliar a definir metas efetivas de marketing e estratégias de vendas, com a missão de reduzir os custos de aquisição; aperfeiçoar a retenção e estimular os clientes a investirem bastante com a sua empresa, ao longo da vida.

A prática do Lifetime Value também pode contribuir para que a empresa possa sanar alguns questionamentos, como por exemplo, quanto deve gastar em marketing e vendas para adquirir novos clientes; quais os clientes mais valiosos e qual o valor deve ser desembolsado na questão de atendimento, para que um cliente existente seja mantido.

O cálculo do LTV

Medir um LTV pode ser uma tarefa que irá depender da observação da duração do cliente, da taxa de retenção, da taxa de perda do cliente e das margens de lucro médias.

Porém, existem várias formas de realizar o cálculo do LTV, sendo métodos simples e tradicionais. Antes, explicar os tipos de Lifetime Value é importante.

LTV histórico: trata-se do somatório dos lucros das compras anteriores de um cliente. O número é em relação a dados de clientes existentes, durante determinado período de tempo.

– LTV preditivo: trata-se de um método mais completo. Ele indica quanta receita um cliente poderá gerar para a sua empresa ao longo do relacionamento.

O jeito mais simples de encontrar o LTV é fazer a soma da receita obtida de um cliente, menos o custo inicial de adquiri-lo. Dessa forma, será a receita anual, multiplicada pela vida útil média.

Por outro lado, um método de cálculo mais detalhado terá que ser feito. Isso, caso suas vendas anuais por cliente não foram estáveis. A versão tradicional do LTV é baseada na taxa de desconto. Em suma, promove uma compreensão mais detalhada de como o LTV se altera com o passar dos anos.

O LTV é fundamental para você que quer ter conhecimento em relação ao gasto com os clientes. Dentro do marketing digital, é um método fundamental.

Agora que você já sabe o conceito e como calcula-lo, pratique o seu conhecimento adquirido. Se quiser contar com algum dos nossos serviços, não perca tempo e faça um orçamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *